Vinagrete 19.11.12 – Especulações jornalísticas ou ‘fake news’

Eu diria que as especulações jornalísticas, sobretudo de um certo tipo, quando não têm factos em que se basear, estão muito prºoximas ou são realmente notícias falsas ou as chamadas ‘fake news’.

Walter Robinson em Lisboa, Expresso

Vi hoje no Expresso diário que Walter Robinson, jornalista norte-americano que integrou a equipa do jornal “The Boston Globe” que em 2002 denunciou o escândalo de abusos na Igreja Católica, presente em Lisboa, onde veio falar sobre sobre a sobrevivência da democracia e o jornalismo de investigação, disse ao Expresso que a investigação sobre “O Caso Spotlihght” (como ficou conhecido depois de transposto para a cinema), tornou a Igreja Católica norte-americana mais transparente. E acrescentou sem qualquer base, ‘em jeito de desafio’ (como o jornal afirma): <Pergunto-me o que a Igreja sabe e não está a dizer sobre o abuso de crianças em Portugal>. Bem sei que ele é um jornalista de província, num jornal local. Mas não haverá lá regras deontológicas, como cá? E o Expresso não devia impedi-lo de <pôr a boca no trombone de qualquer maneira, à laia do juiz brasileiro Moro (que ainda assim fingia ter provas das coisas)>?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s