Vinagrete 19.07.15 – Os resistentes do Prédio Coutinho

Aceito perfeitamente que o Prédio Coutinho, em Viana do Castelo, seja uma aberração urbanística, que ainda por cima corta escandalosamente a vista da cidade.

Mas claro que é uma delícia para quem lá vive. E o Prédio foi construído na 2ª metade dos anos 70 do Século passado, segundo normas então vigentes, e legalmente.

Como é possível pois organismos públicos, aproveitarem-se agora de uma legislação diferente, de costumes mais modernos, para pôr em causa a permanência dos últimos resistentes do Prédio, de formas verdadeiramente nazis? De que ainda por cima as maiores vítimas são pessoas mais idosas. Não haverá outros locais na mesma situação desde início do Reino?

No entanto, ao que me consta, só ali querem tratar à força uns velhinhos que compraram o seus andares, sem os tratarem com a devida consideração legal. E sem compreenderem os seus receios. E sem lhos respeitarem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s