Efemérides de 20 de Setembro (2022)

1378 Foi eleito há 644 anos o Antipapa Clemente VII (1342-94, Roberto de Genève), em oposição a Urbano VI (1318-89, entronizado em 78), dando início ao Grande Cisma do Ocidente, que duraria até 1417, em Avignon, França.

1519 O navegador português Fernão de Magalhães (1480-1521) partiu de Espanha, Sevilha, há 503 anos, ao serviço dos Reis católicos espanhóis, na primeira viagem de circum-navegação na Terra, vindo a morrer antes do seu final.

1540 Realizou-se há 482 anos, em Lisboa, no Rossio, com a presença da Corte, o primeiro auto de fé da Inquisição em Portugal (pedida por cá por D. Manuel I, em 1531, por imposição de Espanha, no seu casamento com Isabel de Aragão, só chegaria em 1536).

1870 Completou-se há 152 anos a unificação de Itália, iniciada em 1815, sob a constitucional e liberal casa de Sabóia (Vítor Emanuel II), com a conquista de Roma pelas tropas do general Cardona, já depois de derrotada a esquerda do movimento, encabeçada pelo herói da unificação, Giuseppe Garibaldi (1807-82).

1946 Começou há 76 anos a primeira edição do Festival de Cinema de Cannes, cujo projecto inicial punha em causa as intervenções políticas fascistas no de Veneza.

1979 Em Portugal, as mulheres passaram finalmente a ter garantia legal de igualdade de oportunidades e de tratamento no trabalho, mais de 5 anos depois da Revolução de Abril.

1993 Ferrer Correia (1912-2003), foi eleito presidente da Fundação Calouste Gulbenkian há 29 anos, tinha ele 81, como 1º sucessor de Azeredo Perdigão (1896-1993), que acabara de morrer.

2001 Tomou posse há 21 anos em Timor o primeiro Governo composto por timorenses, e dirigido por Mari Alkatiri.

2006 Um Inquérito da Associação Portuguesa de Defesa dos Consumidores (DECO) revelou há 16 anos que mais de um em cada dez alunos do 7º ao 12º ano admitiu já ter levado armas ou objetos de defesa para a escola.

2017 Uma espécie de mosquito, que é transmissor do vírus da dengue, foi identificado pela primeira vez em Portugal há 5 anos, na região Norte do país.

2021 A multinacional norte-americana Pfizer anunciou há um ano que desenvolveu uma vacina anti-COVID-19 segura para crianças de com mais de 5 anos, dando à dose normal 1/3 da força.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s