Vinagrete 19.08.05 – A guerra do Miquelino

Guia Michelin PORTUGAL, FNAC

O Guia Michelin (mais conhecido ironicamente por ‘Miquelino’, por um gourmet com alto estatuto na crítica gastronómica) divulgou um comunicado a afirmar que não aceita recusas das suas estrelas.

A verdade é que as estrelas do Michelin-Miquelino andam tanto pelas ruas da amargura, que já é preciso este tipo estapafúrdio de comunicados.

E estapafúrdio porquê? Porque o seu efeito é nulo. Quem quer realmente prescindir das suas estrelas pode fazê-lo quando quiser, inclusivamente usando as vantagens comunicacionais de as ter. Por alguma razão o Guia só aceita a cozinha autêntica do Japão. E obriga os outros que o apreciam a seguir um padrão.

Henrique Leis, o chef algarvio de origem brasileira, pode mesmo borrifar-se para o Michelin-Miquelino (como anunciou que ia fazer), mal o queira. Basta deixar de ostentar as estrelas, e passar a fazer uma cozinha mais autêntica e original – e barata.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s