Efemérides de 11 de Julho

Dia Mundial da População: a 11 de julho de 1987, o contador mundial de população chegou aos cinco biliões de pessoas, inspirando a ONU a criar esta efeméride em 1989.

1576 O corsário e explorador inglês Martin Frobisher (1535-94), que tentou em vão descobrir a Passagem do Noroeste para a China, avistou a Gronelândia há 442 anos, tendo realizado depois lá 3 expedições.

1822 As Cortes Constituintes votaram há 196 anos a primeira Lei Eleitoral em Portugal a prever o voto directo e secreto para um colégio eleitoral reduzido e sem mulheres (híper-elitista) – e com D. João VI acabadinho de chegar do Brasil.

1828 Miguel I, de tendência absolutista, depois de um golpe de Estado contra a sobrinha criança D. Maria II, sua prometida, foi aclamado há 190 anos Rei de Portugal, no início da Guerra Civil Liberal (1828-34) que ele perderia.

1899 Giovanni Agnelli (1866-1945) integrou o grupo de investidores que se reuniram em Turim há 119 anos, para assinarem a escritura da criação da Società Anónima Fabbrica Italiana di Automobili Torino (FIAT sa.), marca que começou por produzir automóveis em pequeno número, tornando-se rapidamente o grande ícone industrial italiano.

1936 A Alemanha de Hitler estabeleceu com a Áustria há 82 anos um Pacto, embora a viesse a anexar em 1938.

1973 Marcello Caetano, presidente do Governo português desde 1968 (por um AVC de Salazar), negou há 45 anos o massacre de Wiriyamu, em Moçambique, que causou perto de 400 vítimas civis, revelado na véspera pelo jornal The Times, com base no testemunho de missionários posteriormente expulsos do território.

Massacre de Srebrenica, The Telegraph

1995 Teve lugar há 23 anos, na Guerra na Bósnia, o massacre de Srebrenica, com mais de 7.000 muçulmanos executados e enterrados em valas comuns, na conquista da cidade pelos bósnios de etnia sérvia apoiados por Belgrado.

2003 O grupo hoteleiro madeirense Pestana venceu há 14 anos a operação de privatização da Enatur, passando a controlar as pousadas de Portugal, algumas das quais vendeu ou encerrou.

2008 A Lei de Segurança Interna foi aprovada há 10 anos em votação final no Parlamento apenas com os votos do PS, mas dois deputados socialistas – Manuel Alegre e Teresa Alegre Portugal, sua irmã – juntaram-se à oposição no voto contra.

2013 O Parlamento aprovou há 5 anos (maioria PSD-CDS) na generalidade as propostas do Governo sobre o aumento do horário de trabalho no Estado de 35 para 40 horas semanais e o sistema de requalificação de funcionários públicos.

2016 O Fisco anunciou há 2 anos ter apanhado 92 mil senhorios com rendas por declarar.

2017 Dezoito elementos da PSP foram acusados há 1 ano pelo Ministério Público, num caso que remonta a 2015 e envolve agressões a jovens da Cova da Moura (Amadora).

Publicidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s