Vinagrete 22.11.30 – Direitos humanos no Catar

O prazer de alguns não pode desmerecer o direito de muitos. Esperemos ver os políticos portugueses castigados politicamente pelos eleitorados que, mesmo querendo, nunca poderiam ir ao Catar. Já aqui disse admirar mais os que não puseram lá os pés.

            Das equipas que lá vão, a nossa também se tem distinguido por não fazer ou dizer nada. Nem parece europeia.

            Esperemos que ao menos venha a manifestar admiração pelo homem que lhe invadiu o campo, no jogo com o Uruguai, e não o deixe ser alvo das sevícias do Poder Local – de que aparentemente se safou, apesar de insistente.

            Já vimos que a FIFA, corrupta como é, tem deixado politizar vários jogos, como os da Rússia e do Catar. Neste caso, talvez por culpa da FIFA, a Selecção Nacional não pode limitar-se a jogar.

            Infelizmente, nem tivemos a honra de ser considerados ‘país non grato’. Mas também é verdade que ninguém se opôs tanto quando se soube dos mundiais da Rússia e do Catar.

Publicidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s