Vinagrete 22.09.07 – Eleições angolanas

Pareceu-me que aquela gente da UNITA andava errada, ao ver a generalidade dos jornalistas e dos observadores internacionais considerarem aceitáveis os resultados divulgados pela CNE angolana. Apesar de a sua insistência, ao não  reconhecer os resultados oficiais (e se mostrarem mais cabo-verdianos do que africanos), dar que pensar. Ao ponto de recorrerem a tribunal, e o recurso ser normalmente aceite.

Evidentemente, nestas eleições, cuja generalidade dos órgãos era controlada pelo MPLA (o principal concorrente), incluindo o TC, alguma coisa parecia errada. Mas todos a aceitaram. Como parecia errado o caso único de os resultados finais serem iguais aos iniciais, e a todos os intermédios, não havendo as habituais evoluções consideradas.

Agora João Lourenço, com a sua maioria absoluta atribuída, tem razão em querer governar sozinho, e dizer não a ‘geringonças’.

Mas faz-nos muita falta um Dr. Mário Soares, sem papas na língua, a considerar estes negros racistas que dirigem os novos países de origem portuguesa nada democráticos. Resta-nos o seu filho, Dr. João Soares. Mas fazem-nos falta outros. E sabemos como o PSD sempre acalentou os novos poderes instituídos. Claro que não estamos a ver certos novos sociais-democratas a beberem-lhes à mão. Nem o Marcelo Rebelo de Sousa (apesar da irritação de José Eduardo dos Santos quando o considerava comprado pelo pagamento dos cursos de Direito em Luanda), nem o Pedro Norton (que estarão nesse aspecto mais identificados com as bases do PSD).

Claro que já José Eduardo dos Santos fora considerado uma boa evolução relativamente a Agostinho Neto, quando deixou de mandar matar a torto e a direito. E a corrupção, com o mais descarado roubo do povo, veio mais tarde. E João Lourenço, sem nunca mandar matar, e lutando desde logo contra a corrupção, sem se importar de atingir os mais próximos de Santos (e que outra forma havia de estar contra a corrupção de Santos?), e ao convocar estas eleições, também foi muito bem aceite por todos. Resta saber o que será o futuro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s