Efemérides de 24 de Março (2022)

1764 Reorganização há 258 anos dos Armazéns da Tenência e da Fábrica de Armas de Guerra, com a criação do Arsenal Real do Exército, também no tempo de Pombal, embora já existisse para fornecer as Forças Armadas desde 1640.

1787 O aristocrata e escritor britânico William Beckford chegou há 235 anos a Lisboa, onde reuniu as memórias do país em Viagem a Portugal (viveu alguns meses em Sintra, sempre perseguido pela homossexualidade).

1882 O médico alemão Robert Koch (18431910) descobriu há 140 anos o bacilo da tuberculose.

1929 O Partido Fascista de Mussolini (1833-1945) venceu há 93 anos as eleições em Itália, numa época que deu origem à II Grande Guerra.

1944 Roosevelt (1882-1945, em funções desde 1933 até à morte) condenou publicamente há 78 anos “os crimes contra a humanidade” da Alemanha de Hitler, fazendo com que essa expressão, “crimes contra a humanidade”, surgisse pela primeira vez num contexto jurídico.

1962 Grande Greve Académica, há 60 anos, em que se distinguiria Jorge Sampaio e que levaria à demissão de Marcello Caetano (que não concordou com as brutalidades da Polícia) da reitoria da Universidade Clássica de Lisboa.

1974 Teve lugar há 48 anos a última reunião clandestina da Comissão Coordenadora do MFA, que decidiu o derrube do anterior regime num golpe de estado a concretizar entre 20 e 29 de Abril (foi a 25).

1980 O então arcebispo de El Salvador, D. Oscar Romero (n.1917, e beatificado em 2015), foi assassinado há 42 anos, enquanto celebrava missa.

1989 O Governo português de Cavaco Silva concedeu há 33 anos 79 alvarás de rádio, concretizando a liberalização oficial do espectro radiofónico.

1993 Foi apresentada há 28 anos a revista Visão, que sucedeu ao semanário O Jornal (fundado em 1975).

1995 Assinado há 26 anos, ainda no Governo de Cavaco Silva (1987-95) o contrato para a construção da ponte Vasco da Gama, em Lisboa.

2016 O Tribunal Internacional para a Antiga Jugoslávia condenou há 6 anos a 40 de prisão o ex-líder servo-bósnio Radovan Karadzic, pelo genocídio de Srebrenica e outros crimes de guerra.

2019 O procurador especial Robert Mueller concluiu há 3 anos, após quase outro tanto tempo de investigação, não existirem provas de acordo ou coordenação entre a equipa da campanha eleitoral de Trump e Moscovo, nas presidenciais de americanas de 2016.

2020 O primeiro-ministro do Japão e o COI acordaram há 2 anos adiar os JsOs de 2020 para 20201, mantendo o nome de Tóquio 2020, devido ao Covid 19.​

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s