Vinagrete 22.03.02 – Polícias e Justiça

Claro que a Justiça Nacional começa por ser prejudicial aos bons Polícias.

Quanto aos piores, ficamos a saber que as chefias e a IGAI estão mais preocupados em manter bons agentes, do que a Justiça Nacional.

A última que vi, foi um juiz ter considerado que um GNR que estava a guardar uma senhora em prisão, tinha abusado dela. No caso, não interessaria saber se ela é acusada de ter provocado o agente, ainda por cima um sargento (já com posto para ter mais juízo), mas se ele a tinha guardado bem ou não. Veio-se a ver que tinha abusado dela. E que o juiz retirou importância ao facto, achando que se tratou apenas de uma ‘fraqueza humana’.

Independentemente de não sabermos para que serve um tal juiz, ficamos a ver que não estando o agente ao serviço (e ainda bem), a IGAI e as chefias se preocupam mais com as Polícias que estão para nos servir, e não para abusos, do que a Justiça.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s