Vinagrete 22.01.03 – Contradições

Foi uma contradição tão grande, que toda a gente deve ter reparado.

            Gouveia e Melo, o novo CEMA, passou de garantir que não tencionava candidatar-se à presidência da República, e que pretendia continuar a ser militar (assegurando mesmo não ter o que ele achava a necessária formação do político), para dizer que o futuro a Deus pertence (numa clara manifestação distinta da anterior). Parece que já não tem o mesmo gosto em ser só militar, e já não acha essencial a firmação política. Resta saber se mantém assim igual apoio político. Parece que a sua nomeação para CEMA, muito pressionada pela pressa do próprio, não caiu lá muito bem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s