Vinagrete 21.12.29 – Prescrições

Fará algum sentido haver prescrições, quando os processos estão a andar na Justiça? A não ser, talvez, para quem tem dinheiro para muitos recursos e para os advogados que os preparam.

            Talvez, pois, tudo se deva à influência dos advogados no Parlamento ao longo dos tempos. Mas ainda se vai a tempo de acabar com essa brincadeira, por parte dos deputados que não são advogados, ou que sendo-o tenham outra consciência. Já bem nos basta a morosidade habitual da nossa Justiça.

Publicidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s