Efemérides de 2 de Dezembro (2021)

1512 A Criação de Adão, de Michelangelo, foi mostrado pela primeira vez ao público, juntamente com a sua restante obra-de-arte na Capela Sistina, há 509 anos.

1945 Foi inaugurado há 76 anos (o da Portela fora inaugurado em 1942) o aeroporto de Pedras Rubras, no Porto.

1954 O Senado dos EUA condenou há 67 anos o senador Joseph MacCarthy por ter “desonrado e aniquilado a reputação” do Congresso, com a Comissão de Investigação das Atividades Antiamericanas.

1964 O Teatro Nacional D. Maria II, em Lisboa, foi destruído por um incêndio há 56 anos.

1975 A Revolução levou na altura à nacionalização da RTP há 46 anos.

1988 Com a paquistanesa Benazir Bhutto a assumir a chefia do Governo há 33 anos, pela primeira-vez, uma mulher muçulmana assumia um cargo político de relevo.

1993 O colombiano Pablo Escobar, um dos mais famosos “barões da droga”, foi abatido a tiro pelas forças de Medellin aos 44 anos, há 28.

1996 Entrou em vigor há 25 anos a Lei da Flexibilidade e Polivalência, que fixava em 40 horas a semana de trabalho, em Portugal.

1997 Foi assinado há 24 anos o Tratado para a Proibição Total de Minas Antipessoais por 121 países, entre os quais Portugal.

2011 O Governo de Sócrates aprovou há 10 anos em Conselho de Ministros o diploma que definia as condições da transferência dos fundos de pensões dos bancários para a Segurança Social.

2018 Portugal ganhou há 3 anos mais um dos Wold Travel Awards, habitualmente denominados como os óscares do Turismo.

2020 O Reino Unido licenciou há 1 ano a vacina BioNTech–Pfizer para uso emergencial no combate à COVID-19, logo depois também licenciada na UE e em Portugal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s