Efemérides de 2 de Agosto (2021)

216 a.C. Há 2237 anos, na Batalha de Canas, o general cartaginês Aníbal (248aC-183aC), por muitos considerado o maior táctico militar da História, filho do comandante Amílcar Barca (distinguido numa guerra Púnica contra Roma), derrotou os exércitos romanos.

1870 Abriu há 151 anos a linha de metro mais antiga do mundo, entre a Torre de Londres e Tooley Street, na capital inglesa.

1934 A morte do presidente alemão Paul von Hindenburg, há 87 anos, com outros 87, abriu caminho à tomada completa do Poder pelo líder nazi, o sargento  Adolf Hitler, que assumiu pessoalmente as funções de chefe de Estado em acumulação com as de primeiro-ministro (que já exercia desde 33).

1939 O físico alemão Albert Einstein (1879-1955), radicado então nos EUA depois de fugir do seu país, assegurou há 82 anos, em carta ao presidente Franklin D. Roosevelt (1882-1945, Presidente democrata dos EUA durante 4 mandatos incompletos, entre 1933-45), que a Alemanha nazi poderia construir a bomba atómica e recomendou o início do programa de investigação.

1940 Na II Guerra Mundial, o general De Gaulle (1890-1970), comandante da Resistência francesa, refugiado no Reino Unido, foi condenado à morte pelo Governo colaboracionista de Vichy, do marechal Pétain, há 81 anos (vindo depois a ser um dos vencedores da Guerra e Presidente da República de França, entre 1959-69).

1945 No fim da II Guerra Mundial, terminou há 76 anos a Conferência de Potsdam (iniciada nessa cidade da Alemanha em 17 de Julho anterior), na qual os dirigentes aliados estabeleceram as condições da rendição da Alemanha e os princípios para a administração do território.

1990 A primeira Guerra do Golfo no tempo de Bush-pai começou há 31 anos. quando o Iraque de Saddam Hussein invadiu o Kuwait, e não obedeceu à Resolução 660 do Conselho de Segurança da ONU, que impunha ao Iraque a retirada imediata do Kuwait.

2002 Terminou há 19 anos o restauro do retábulo barroco do altar da Capela-mor da Basílica de Mafra, obra do século XVIII.

2016 O Senado brasileiro, deu há 5 anos parecer favorável à destituição de Dilma Rousseff – num estranho apoio à corrupção mais desenfreada.

2017 O então Presidente do Brasil, Michel Temer, conseguiu há 4 anos os 172 votos de que precisava no Congresso dos Deputados para arquivar a denúncia de corrupção passiva de que era alvo numa queixa da Procuradoria-Geral da República – mostrando assim o Congresso de que lado estava.

2020 Enquanto a África do Sul tinha mais de 500 mil casos de Covid 19, com cerca de 10.100 mortos, há 1 ano, o Estado australiano de Victoria anunciava estado de desastre e impunha novas medidas de bloqueio após o pico de casos de igualmente COVID-19.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s