Efemérides de 22 de Junho (2021)

1622 Teve lugar há 399 anos a Batalha de Macau, em que forças portuguesas repeliram uma invasão holandesa, durante a Guerra Luso-Holandesa.

1633 A Inquisição obrigou Galileo Galilei há 388 anos a negar os seus novos modelos cosmológicos (ficou célebre a frase de Galileu sobre a Terra, depois de se desmentir: «e no entanto move-se»).

1888 O corpo de Alexandre Herculano (1819-77), escritor, historiador, político, último presidente do Município de Belém, romântico e liberal foi trasladado há 133 anos para o Mosteiro dos Jerónimos.

1902 Numa prova de resistência em estrada aberta Paris-Viena, realizada há 119 anos, que contou com 137 concorrentes, apenas 80 carros cortaram a meta, liderados por Marcel Renault, tripulando o seu Renault 16 cv.

1926 A ditadura militar portuguesa, saída do Golpe de 28 de Maio anterior, instituiu há 95 anos a censura prévia à Imprensa, que se manteria até 24 de abril de 1974.

1980 A então URSS iniciou há 41 anos o envio de tropas para o Afeganistão, país que ocupou durante 10, e de onde saiu derrotada – dando origem com esta guerra a um dos livros mais célebres da Nobel Ucraniana Svetlana Aleksiévitch (n.1948), Rapazes de Zinco.

1994 A ONU encarregou a França há 27 anos de intervir no conflito do Ruanda, entre as etnias hutu e tutsi, que conduzira ao massacre de centenas de milhares de pessoas, desde Abril.

2010 O ex-ministro português da Economia de José Sócrates, Manuel Pinho (n.1954), investigado por corrupção com a EDP, foi nomeado há 11 anos (Governo de Sócrates) presidente do Conselho de Administração da Fundação Arpad Szenes-Vieira da Silva.

2013 Os EUA acusaram há 8 anos Edward Snowden (n.1983) de espionagem e pediram a Hong Kong (onde se encontrava então, antes de seguir para a Rússia) que o prendesse, por este antigo analista de sistemas da CIA ter divulgado dados inquietantes sobre a vigilância global da NSA entre os próprios americanos.

2019 A Associação de Nações do Sudeste Asiático aprovou há 2 anos a Declaração de Bangkok para combater a poluição nos mares.

2020 O Brasil tornou-se há 1 ano o segundo país a ultrapassar 50 mil mortes (oficialmente), sendo os estados do Amazonas, Pará, Ceará, São Paulo e Rio de Janeiro os mais afectados.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s