Efemérides de 24 de Maio (2021)

1337 Iniciou-se há 684 anos a Guerra dos Cem Anos, entre Inglaterra, no tempo de Eduardo III (apoiada por Portugal, Flandres e Estados alemães), e a França, dirigida por Filipe VI de Valois e apoiada pela Escócia, Boémia Castela e o Papado de Avignon, e que consistiu numa série de conflitos armados e intermitentes, que duraram até 1453, por causa de ambições dinásticas.

1830 Iniciou-se há 191 anos a primeira ligação de caminhos-de-ferro, nos EUA, para o transporte regular de passageiros, entre Baltimore e Elliott’s Mills.

1844 Samuel Morse inaugurou há 177 anos a linha de telégrafo, nos EUA, entre Washington e Baltimore, com a mensagem: «Eis o que Deus forjou».

1940 Realizou-se há 81 anos o primeiro voo bem-sucedido de um helicóptero monorrotor, realizado por Igor Sikorsky (1889-1972), um piloto de aviação e empresário pioneiro americano de origem russa.

1944 O ditador Oliveira Salazar, na sua política ziguezagueante da II Guerra, reafirmou há 77 anos a recusa da suspensão do envio de volfrâmio para a Alemanha nazi, num encontro com o embaixador inglês.

1974 Foi fundado há 47 anos o Partido Popular Monárquico (PPM), a partir da Convergência Monárquica, sob a figura tutelar do Arq. Ribeiro Telles (1922-2020) e da sua paixão pelo Ambiente.

2002 A Rússia (Putin) e os EUA (Bush filho) assinaram há 19 anos o Tratado sobre Reduções de Ofensiva Estratégica.

2005 António Guterres (n.1949), ex-primeiro-ministro de Portugal  (1995-2002) e actual secretário-geral da ONU (desde o início da 2017), foi nomeado há 16 anos Alto-Comissário das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), cargo que ocupou até 2015.

2017 O fundador do grupo SLN/BPN, Oliveira Costa (1935-2020), foi condenado há 4 anos a uma pena de prisão efetiva de 14, por crimes de falsificação de documentos, fraude fiscal qualificada, burla e lavagem de dinheiro.

2018 O líder parlamentar dos comunistas, João Oliveira, anunciou há 2 anos que o PCP iria votar contra os projetos de lei para a despenalização da eutanásia.

2019 A anterior primera ministra britânica, Theresa May, anunciou há 1 ano a sua demissão, que se concretizou a 7 de Junho.

2020 O New York Times imprimiu há um ano a primeira página com cerca de mil nomes de pessoas que morreram de COVID-19, quando o número de vítimas nos EUA se aproximava de 100 mil.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s