Vinagrete 20.12.07 – OE transvirado

Que o BE se tinha posto de fora, perecendo preferir a direita a governar, para se sentir oposicionistamente cómodo, parecia uma evidência. A verdade é que Catarina Martins nunca me convenceu. E Mariana Mortágua perece mais uma técnica do que uma política.

Votação parlamentar do OE2021, SIC Notícias

E há dias, na RTP, a Helena Garrido bem explicou como o dinheiro para o Novo Banco, dado fora do Fundo de Resolução como o BE sempre quis, sairia muito mais caro aos contribuintes. O que provavelmente nem sequer impressionava a sua política propagandista, nem a de Costa, se as palavras de Helena Garrido ficarem muito circunscritas. Do BE portanto poderia esperar-se o pior (mesmo com Louçã a pontificar de fora). Já do PSD, partido com queda para os Governos, julgávamos que viria uma política mais responsável.

Enfim, com estas grandes tiradas políticas, quem se lixa é o mexilhão. Porque o Novo Banco terá sempre o dinheiro contratualmente garantido, com o apoio do BCE. Talvez valesse a pena ‘lixarem-se’ também, como grandes responsáveis, o PSD e o BE, pelo menos em apoios eleitorais. Passariam, com vantagem de todos, a pensar melhor antes de agirem, e não a pensarem mais depressa do que o Luky Luke dispara (que é como quem diz, a não pensarem).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s