Efemérides de 3 de Novembro de 2020

filatelista-tematico-blog.net

1493 Cristóvão Colombo (1451-1506), navegador italiano ao serviço dos Reis Católicos de Espanha depois de estar em Portugal, avistou pela primeira vez há 527 anos a ilha de Dominica, no mar das Caraíbas.

1879 James J. Ritty (1836-1918), dono de bares-restaurantes e inventor, inventou há 141 anos a primeira caixa registadora, durante uma viagem de barco à Europa em que viu um mecanismo que adaptou às novas funções.

1887 Foi fundada há 133 anos a Associação Académica de Coimbra, no âmbito da Universidade local, a mais antiga associação de estudantes em Portugal, tendo uma série de secções culturais e desportivas, uma das quais deu origem a um dos mais conceituados clubes de futebol nacionais, a Académica.

1908 Lord Robert Baden-Powell (1857-1941), general britânico, fundou há 112 anos o movimento escutista, depois de várias campanhas em África e na Índia.

1946 O Japão adotou o constitucionalismo há 74 anos, como uma das consequências da sua derrota na II Guerra, com a transferência do poder legislativo do imperador para uma assembleia eleita.

Laika no Sputnik, Wikipédia

1957 A URSS lançou há 63 anos o satélite Sputnik II (um mês depois da Sputnik I, 1ª nave terrestre a entrar na órbita da terra), em que sacrificou Laika Kudriavka, uma cadela russa (que se tornou a primeira a entrar em órbita da terra), na experiência – enquadrada na corrida espacial em que se metera com os EUA.

1986 A imprensa libanesa revelou há 34 anos a venda de armas ao Irão pelos EUA (escândalo Irão-Contras).

2010 A Igreja Católica de Cuba inaugurou há 10 anos o primeiro seminário em 50 anos, na presença do então presidente Raul Castro (n.1931, e em funções desde 2008, após o afastamento do irmão Fidel, de quem foi nº 2), o que ilustra uma aproximação inédita entre o Estado comunista e esta religião.

2014 O Governo de Timor-Leste ordenou há 3 anos a expulsão de um grupo de 48 funcionários judiciais internacionais, entre os quais estavam vários portugueses: 5 juízes, 1 procurador e 1 oficial da PSP.

2016 A administração da EDP, recusou-se há 4 anos a encerrar a Central Termoelétrica de Sines, que era apontada pela ambientalista Zero como a maior unidade poluidora em Portugal

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s