Efemérides de 20 de Agosto de 2020

Recriação da Batalha do Vimeiro, nit.pt

1808 Nas Invasões francesas, teve lugar há 212 anos a Batalha do Vimeiro, em que Forças luso-britânicas derrotaram as tropas francesas, não impedindo contudo mais invasões.

1886 Estreou-se há 134 anos em Nova Iorque, a opereta “The Mikado”, da dupla Gilbert e Sullivan – um sucesso ainda hoje na Broadway.

1890 Foi assinado há 130 anos o Tratado de Londres entre Portugal e o Reino Unido, definindo os limites territoriais de Angola e Moçambique, depois do Ultimato do Mapa Cor-de-Rosa (apresentado na Conferência de Berlim, em 1884).

1912 O Papa Pio X (1835-1914, entronizado em 1903) nomeou há 108 anos “inspectore” o Cardeal Patriarca de Lisboa, D. António Mendes Bello (1842-1929, em funções desde 1911).

1932 Foram publicados há 88 anos os estatutos da União Nacional, a única força política autorizada em Portugal, durante o ‘salazarismo’.

1940 O antigo revolucionário russo Leon Trotsky foi assassinado há 80 anos no México, onde se refugiara, ao que consta por ordens de Estaline, cumpridas por um espanhol do PCE.

Recriação da Batalha do Vimeiro, nit.pt

1968 Teve lugar há 52 anos o fim da Primavera de Praga, com a invasão das forças do Pacto de Varsóvia sobre a Checoslováquia, para destituírem o regime liberalizante de Alexandre Dubcek (1921-92).

1975 Teve início há 45 anos a guerra civil em Timor-Leste, levando à invasão do País pela Indonésia em Dezembro desse ano.

1979 Foi constituída há 41 anos a União de Esquerda para a Democracia Socialista (UEDS), a partir da Fraternidade Operária, liderada por Lopes Cardoso (1933-2000).

1988 Foi criada há 32 anos a al-Qaeda, em Peshawar, no Paquistão, mesmo dia do fim da guerra de 8 anos Irão-Iraque.

2003 Cristiano Ronaldo (n.1985), actualmente na italiana Juventus, estreou-se pela seleção portuguesa de futebol há 17 anos, em Chaves, num particular com o Cazaquistão (1-0), pela mão do brasileiro Luiz Felipe Scolari.

2009 A Biblioteca Nacional recebeu há 11 anos um conjunto de cartas da pioneira da defesa dos direitos das mulheres, Ana de Castro Osório.

2019 O MP italiano ordenou há 1 ano a detenção do barco humanitário espanhol Open Arms e a saída dos 83 migrantes a bordo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s