Vinagrete 20.03.06 – Festival da Canção

Amanhã será apurada a canção que nos representará na final do Festival da Canção.

Festival da Canção, 2018, YouTube

Já o disse e repito-o: sempre que é apurada uma cenografia muito complexa, que nos leva a não ter em grande conta ou sequer a ouvir realmente a música, não chegaremos longe. Ou chagaremos com uma má música, que não terá muitos votos. Como aconteceu no ano passado, com Conan Osíris. Já vimos que a única vez que ganhámos o Festival da Eurovisão, a nível internacional, foi com uma canção em português, que não necessitou de grandes encenações. Valia por si e pela voz que a interpretou.

No ano passado não foi assim, e era previsível o resultado daquele Conan Osíris que tanto se disfarçou a ele e à música que levava. Talvez lhe tenha valido ainda assim a pena, para a carreira interna de quem não dá grande importância a esses pormenores – nem à música – mas que tem o futuro para aprender já com um certo currículo na área. As primeiras selecções parecem levar-nos pelo mesmo caminho do ano passado: ou canções deficientes, ou excesso de encenações para esconder o mau que se traz. Foi até engraçado ver uma entrevistadora falar em influências, que um intérprete e compositor não reconhecia.

Sai mal, e depois admiramo-nos. Mas é tudo muito claro. Os júris também não têm sido do melhor. Não quer dizer com isto que eu soubesse ir além da sensatez do ouvinte.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s