Jovens violentos

Fiquei chocado ao ver no Expresso da semana passada que 58% dos jovens já foram vítimas de violência no namoro e, pior, que 67% dos rapazes e raparigas entre os 11 e os 21 anos considera natural a existência de actos violentos.

Violência no namoro, dezanove.pt

Até admito que a situação já tenha sido pior. E que isto seja o resultado do que esses jovens vêem em casa (o que também não será bom).

Mas chegados ao ponto em que o Governo tem de fazer uma campanha contra a violência juvenil no namoro (onde por essência mais se ama), ficamos conversados de que se passa alguma coisa muito má. E eu nem quero ser dos moderninhos que pensam mal dos ciúmes. Considero que há ciúmes razoáveis e saudáveis (embora também haja piores, como os que levam a violências).

O artigo adiantava estes factos inquietantes, para quem é pai e muitos filhos, sobretudo raparigas: das vítimas que apresentam denúncias 95,9% são raparigas portuguesas, com 21 anos de idade média e estudantes. E foram principalmente agredidas em casa, ou na escola/faculdade. Mas mais de 70% de gente miúda agredida não apresentou queixa às autoridades.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s