Vinagrete 19.08.26 – Casas de banho de género

Transexuais, YouTube

Essa ideia de cada um poder escolher as casas de banho, de rapazes, raparigas ou professores, consoante se sentir, e não segundo o género que a natureza lhe deu, tem muito que se lhe diga.

Já agora, até por causa das reacções negativas, convém esclarecer que nem todos podem fazer a escolha, mas apenas aqueles que, com a anuência dos pais, querem mesmo mudar de sexo por não se sentirem bem com a natureza que lhes calhou (os realmente transsexuais). Será mesmo assim? Espera-se que sim, e já houve quem o dissesse.

Pessoalmente, sou um conservador nos comportamentos e um progressista nas ideias, que dou muita importância aos ditames da natureza. E não acho normal (felizmente, a avaliar pelos números que temos, e pelas operações previstas, não é mesmo normal), esse desencontro com a natureza. Ainda bem. Quem não se sente bem com o que lhe calhou, de qualquer modo, deverá incomodar a normalidade dos que se sentem bem, e são muito mais? Eu sei que também é preciso proteger as minorias. Mas as maiorias também.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s