Efemérides de 24 de Junho

Batalha de São Mamede, terraportuguesa.blogspot.com

1128 Ocorreu há 991 anos a Batalha de São Mamede com a vitória de D. Afonso Henriques, 1º Rei de Portugal que assegurou assim a sua posição, marcando a data a fundação da nacionalidade portuguesa, sobre as tropas da sua mãe, D.ª Teresa.

1875 A França arbitrou a favor de Portugal, há 144 anos, o conflito com o Reino Unido sobre a soberania da baía de Lourenço Marques e os territórios a norte do Ambriz, na foz do Zaire.

1926 Os jornais portugueses passaram a inserir há 93 anos o aviso “Visado pela comissão de censura”, durante toda a Ditadura do Estado Novo, que se manteria até 24 de abril de 1974.

1928 Começou há 91 anos o II Congresso Feminista Português, que decorreria até 28 de Junho.

1948 O Bloqueio de Berlim teve o seu início há 71 anos, com a União Soviética a tornar impossível a viagem por terra entre o leste e o oeste de Berlim, na Alemanha, levando a uma ponte aérea dos EUA.

1988 Nasceu há 31 anos o primeiro bebé gerado em Portugal pelo método de transferência de gâmetas na trompa, método Gift, nos Hospitais da Universidade de Coimbra.

Ponte de são João, no Porto, Wikipédia

1991 Foi inaugurada há 28 anos a ponte ferroviária de S. João, no Porto, da autoria de Edgar Cardoso.

1992 Hemofílicos portugueses, contaminados com o vírus da sida, por produtos administrados nos hospitais, processaram há 27 anos o Estado (Cavaco Silva e Leonor Beleza).

2008 A proposta final de revisão do Código do Trabalho que o Governo de Sócrates enviou aos parceiros sociais deixou cair a alteração às normas relativas ao despedimento por inadaptação, que as centrais sindicais consideravam inaceitável.

2014 A ANACOM proibiu HÁ 5 anos os operadores de telecomunicações de qualificarem como ilimitadas as ofertas de internet, chamadas de voz e envio de mensagens quando na realidade aplicam restrições ou limites, e deu 90 dias às empresas para corrigirem a situação.

2016 Militantes da organização terrorista Estado Islâmico invadiram há 3 anos várias aldeias e sequestraram quase mil pessoas em Aleppo.

2017 Um líder do grupo ‘jihadista’ Estado Islâmico e o seu assistente foram abatidos pela polícia iraquiana há 2 anos, quando fugiam de oeste para este da cidade de Mossul através do rio Tigre.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s