Vinagrete 19.03.12 – Tomás Correia

Tomás Correia no Montepio, CM

Devo dizer que o homem nunca foi dos meus amores. E tudo indica que as vitórias se devem a proclamadas aldrabices, que a ingenuidade dos apoiantes não entende servà sua custa, e julga poder também beneficiar delas. Mas agora, ao ver que impôs em acta que o Montepio pagasse as suas multas, ou despesas judiciais, limitando os lucros de todos os accionistas, incluindo os seus apoiantes, já lhe tiro o chapéu.

Claro que a Justiça (já que não vemos o Banco de Portugal consegui-lo ou querê-lo) devia fazer que isso fosse impossível, porque nem todos os accionistas são apoiantes de Correia. Talvez arranjar maneira de pôr a pagar só os seus apoiantes. Vamos lá ver o que decide hoje o Montepio e o Banco de Portugal sobre esta polémica figura, aparentemente e enriquecer fora de propósito.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s