Efemérides de 17 de Julho

1791 O marquês de Lafayette (1757-1834), que haveria de participar na Revolução Americana, restaurou há 227 anos a ordem em Paris, em plena Revolução Francesa, com o assalto ao Campo de Marte (uma das maiores áreas verdes da capital francesa), onde se tinha juntado uma multidão contrária ao Rei Luís XVI.

1834 Lisboa estabeleceu há 184 anos o regulamento dos serviços de incêndio da cidade (embora com antecedentes que vinham de D. João I, em 1395), e criou a primeira Companhia de Bombeiros do concelho.

1877 Foi inaugurado há 141 anos o Hospital infantil de D. Estefânia (18 depois da morte da Rainha com esse nome, mulher do também prematuramente falecido D. Pedro V, 1837-61), integrado hoje no Centro Hospitalar de Lisboa.

1918 Nicolau II, último czar da da Rússia, e a sua família foram assassinados-massacrados há 100 anos pelos bolcheviques, em Ecaterimburgo, na sequência da Revolução Comunista de Outubro de 1917.

1936 Iniciou-se há 82 anos a Guerra Civil de Espanha, que duraria até 1939, (começo da II Grande Guerra), com a insurreição das forças instaladas em Melilla, numa rebelião contra o recém eleito governo da Frente Popular da esquerda, que representava o poder republicano.

1945 A Conferência de Potsdam, perto de Berlim, começou há 73 anos, logo a seguir à rendição da Alemanha, entre os vencedores da II Guerra (EUA, Reino Unido e URSS), que ali consagraram os sectores de influência aliada no pós-guerra, e se estendeu até 2 de Agosto seguinte.

1973 – Marcello Caetano (1906-80), presidente do Governo português de então que seria derrubado no 25 de Abril de 1974, declarou há 45 anos a intenção de “travar” o processo de liberalização que afirmou ter encetado em 1968-69.

1976 Foi homologada e consumada há 42 anos a anexação de Timor-Leste pela Indonésia, com base no resultado da assembleia de 31 de Maio, surgindo assim a 27.ª província daquele país, entretanto terminada com a independência de Timor em 2002.

1996 Foi criada há 21 anos a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa que reúne Portugal, Brasil, Angola, Moçambique, Cabo Verde, Guiné-Bissau e S. Tomé e Príncipe.

2006 A Autoridade Nacional das Comunicações renovou há 12 anos as licenças de emissão da SIC e da TVI.

2016 As operadoras de telecomunicações passaram há 2 anos a estar obrigadas a disponibilizar contratos sem qualquer tipo de fidelização.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s