Vinagrete 18.03.15 – Excessos de assédios sexuais

Já aqui elogiei Catherine Deneuve, pela exclamação que pôs nos excessos das denúncias de assédio sexual. Também me pareceu

Assédios sexuais, DN

propositado um artigo que li a salientar que o articulista tinha visto denúncias de assédio que eram apenas queixas de más experiências perfeitamente consentidas.

Apesar de não ser para mim novidade ver as campanhas moralistas nos EUA assumirem contornos excessivos e fascizantes, acho agora preocupante a sua replicação na Europa. Ao ver a campanha que pretendem fazer contra Woody Allen, só me ocorre pensar que Céline teve a sorte de ser europeu e francês, e de o público saber distinguir o seu talento das convicções fascistas que alardeou.

Também houve grandes americanos nazis no cinema. Mas tiveram a sorte de viver noutra época.

Agora leio que uma conhecida figura portuguesa fala num assédio de que foi vítima, mas em que lhe bastou dizer não! Se todos os assédios fossem assim, estávamos todos bem.

Eu, que sou homem, poderia lembrar-me de assédios destes piores por parte de mulheres!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s