Vinagrete 18.01.18 – Combate ao assédio sexual ou aos homens?

Achei muito a propósito a Carta de 99 grandes figuras, encabeçada por Catherine Deneuve e divulgada pelo Monde, contra um certo combate do assédio sexual, e defendendo que os homens deveriam ser «livres para flirtar» com as mulheres. Como alguém já escreveu, até se está a confundir assédio sexual com a prestação insatisfatória mas consentida ou desejada dos homens.

Assédio sexual, hypescience.com

Pena não ter evitado que Harvey Weinstein, precisamente um produtor de cinema muito acusado de assédios imorais, fosse agredido e insultado num restaurante do Arizona, num incidente filmado (?!). E agora, os ditadores do politicamente correcto querem acabar com Woody Allen. Claro que dispensávamos a Brigitte Bardot a dizer evidências, até por estar muito marcada.

Devo dizer que a cerimónia dos Globos de Oiro me deixou perplexo. Os EUA deixam-me sempre incomodado nas suas lutas antidemocráticas pelo politicamente correcto. E aquela de Oprah Winfrey, apresentada como uma espécie de Trump de esquerda, ainda me deixou mais perplexo. Ela parece que adorou.

Não vou aqui defender o assédio sexual, que também me incomoda. Mas não me parece que esta forma de luta o combata realmente, sobretudo nos casos mais graves (dentro dos lares). E estou agora atónito ao reparar que quase todas as actrizes de Hollywood foram alvo de assédios sexuais. Algumas mulheres, como a Oprah, imensas vezes (fazendo-me lembrar aquele anexim segundo o qual uma vez é horrível, 2 vezes incompetência e 3 estranha obsessão). Mas então encontre-se um combate mais eficaz, e contra todos os assédios, quer venham de homens (casos naturalmente maioritários, mesmo descontando as vezes em que algumas mulheres usam truques de sedução para obterem finalidades pretendidas), quer de mulheres. Agora, como diz a carta do Monde, não se aproveite isto para lutar contra os homens.

O problema é ver a América lançada numa forma politicamente correcta, hoje tão de agrado de todo o mundo menos pensante, mas dominante. Haverá forma de o contrariar?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s