Vinagrete 17.10.18 – Não era hora de demissões

Demissão de Constança Urbano de Sousa, fotografia do Público

Temos de compreender a atitude de Constança Urbano de Sousa, depois das intervenções públicas de Marcelo Rebelo de Sousa e dos líderes da oposição de direita. Se estes se têm revelado irresponsáveis, já aquele se mostrou um importante apoio do Executivo, com a

sua acção de afectos e de distância ideológica do Poder.

Na minha escassa opinião, não era a hora das demissões (e quem se preocupa mais com isso do que com o combate à acção devastadora dos incêndios só mostra ao que vem e quanto irresponsável é). Mas penso que a ministra da Administração Interna teria sempre de se demitir a seguir a tudo. Talvez já estejamos a seguir a tudo.

Fica uma pergunta: o CDS alguma vez se preocuparia com o essencial do problema, para além das demissões inoportunas mas fáceis de pedir?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s