Vinagrete 17.08.03 – Os liceus que nos fogem

Liceu D. Filipa

Parece-me ser uma prática usual, a de se darem moradas erradas, para se conseguir o liceu desejado. Penso que os partidos mais à Direita estarão de acordo com esta prática antiga, como forma de se escolher melhor a escola pretendida.

Reparo agora que o problema saltou para os jornais no caso do Liceu D. Filipa de Lencastre, perto da Praça de Londres. Porquê este Liceu, pergunto eu a filhas que por lá andaram? Porque os locais (a gente do bairro) protestam ao não conseguirem meter lá os filhos – por causa da enchente que vem de fora..

De resto, tinha conhecimento dessa prática mais usada relativamente a outros Liceus (ficamos sempre a pensar bem deles) – mas pelos vistos sem atingir os direitos dos locais. Tenho melhor impressão, por exemplo, do Rainha D. Amélia. Mas vejo agora que, depois do D. Felipa, são indicados como muito procurados o Pedro Nunes, o de Carcavelos e o de Oeiras. Afinal, todos públicos. Mais uma razão para se concentrarem as ajudas no ensino público – deixando aos privados apenas o prazer do lucro vindo dos pais de quem não quer ou não pode ser bom aluno. Entretanto, novos costumes: vai acabar a rebaldaria das moradas falsas, e espera-se que aumente a exigência dos pais relativamente aos liceus menos procurados

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s