Efemérides de 12 de Novembro

Serpa Pinto, o cruzador de África

Serpa Pinto, o cruzador de África

1877 O militar e explorador português Alexandre Serpa Pinto (1846-1900), que já em 1869 fizera uma expedição militar pelo rio Zambeze, começou há 139 anos a travessia do continente africano, com intenções científicas e oficiais, acompanhado pelos oficiais de Marinha Hermenegildo Capelo (1841-1917) e Roberto Ivens (1850-98).

1927 Leon Trotski (1879-1940) foi expulso há 89 anos do Partido Comunista da União Soviética, já bem instalado, e José Estaline (1878-1953), que em 1922 sucedera a Lenine na liderança, concentrou em si todo o Poder soviético, e mandou assassinar o outro, já no México, anos depois.

1933 O Partido Nazi de Adolf Hitler (1889-1945) reforçou a liderança com a vitória nas eleições alemãs, numa prova evidente dos defeitos da democracia, que Hitler nunca respeitou, iniciando o regime totalitário do Terceiro Reich.

1954 Encerraram há 62 anos as instalações de Ellis Island, em Nova Iorque, posto de entrada de mais de 20 milhões de imigrantes nos

Ellis Island, fotografia de viajandodenovo.blogspot.com

Ellis Island, fotografia de viajandodenovo.blogspot.com

EUA, desde a sua abertura em 1892 (para descanso actual dos trumpistas).

1969 O jornal pró-socialista francês Le Monde revelou há 47 anos a existência de um plano para uma independência racista branca de Moçambique, liderado pelo empresário Jorge Jardim (1919-82), ex-subsecretário de Estado da Indústria de Salazar aos 29 anos.

1975 Trabalhadores do sector português da construção civil, em greve, cercaram o Palácio de S. Bento há 41 anos, já com Vasco Gonçalves afastado do Governo que era agora menos ditatorial e encabeçado por Pinheiro de Azevedo, prendendo ali todos os deputados menos os do PCP.

1987 “Os Lírios”, de Vincent van Gogh (1853-90), angustiado pintor pós-impressionista holandês instalado em França, e que se suicidou cedo, foram leiloados há 29 anos em Nova Iorque por 49 milhões de dólares, o preço mais alto atingido até então por uma obra de arte.

Massacre de Stª Cruz, fotografia de jornaltornado.pt

Massacre de Stª Cruz, fotografia de jornaltornado.pt

1991 O Massacre de Santa Cruz, foi perpetrado em Timor há 25 anos por militares indonésios que disparam contra cidadãos timorenses, no cemitério de Santa Cruz, em Díli, causando a morte a dezenas de pessoas muitas das quais nunca apareceram, devendo estar sepultadas numa vala comum não encontrada.

1995 Moçambique aderiu há 21 anos, formalmente, à Commonwealth, passando a ser o seu único membro que nunca foi oficialmente colónia britânica, durante a presidência de Joaquim Chissano (n.1939, e que ocupou aquelas altas funções entre 1986-2005).

Publicidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s