Vinagrete 20.03.13 – Sentenças sobre Covid 19

Nisto do Covid 19, passa-se o mesmo que com outros problemas menos graves: cada cabeça sua sentença.

Alguns ex-ministros da Saúde, vemos agora que nunca deviam ter sido ministros, por não entenderem que deve haver uma grande união no combate a uma epidemia – e mais ainda a uma pandemia.

sns.gov.pt

No CDS, não é apenas a imaturidade do novo líder que o leva a dizer disparates de última hora, como verdades irrefutáveis. Passa-se o mesmo com o novo líder parlamentar do partido, talvez para aderir tardiamente ao chefe da Casa, talvez por intrínseco disparate.

E quando hoje vi nas notícias que o primeiro –ministro inglês, um disparatado que só conseguiu o cargo por se mostrar mais a favor do Brexit do que os seus concorrentes (ainda preciso de entender como um povo inteiro alinha no que me parece um completo disparate), quando vi que ele calculava em 10 mil os britânicos infectados com o Covid 19, percebi melhor como as medidas de Trump sobre o assunto são apenas políticas, cretinas, e nada técnicas. Talvez os americanos tenham o Presidente que quiseram e merecem.

Quanto ao mais, já que cada cabeça sua sentença, eu que nunca fui ministro de nada posso dar o meu perecer sobre a matéria. Compreendo que o Governo ande atrás da Europa, por achar que o País é demasiado pequeno para se pôr em bicos de pés numa pandemia global. E só assim se compreende que tenha estado contra o Conselho de Saúde Pública, para continuar sempre atrás da Europa. Com o aparente apoio dos restantes partidos. Mas como fomos ao ponto de fechar escolas e empresas, para juntar os seus el3mentos outra vez, nas praias e outros locais de ócio? Uma coisa que não entendo, é porque não se usa a Internet sempre que é possível: no trabalho de casa de muitas empresas, nas missas, nos estudois, etc. Pela minha parte, acho que o Governo e a Europa não têm estado nisto da melhor maneira, como a União Europeia já nos habituou noutras crises. Por isso talvez, o drama de alguns Estados bem europeus, como a Itália e a Espanha. Por enquanto, só estes dois. Mas podem vir a ser mais.

Para já, conheço apenas um bom exemplo de acção e resultados: Macau, não a China (que, pela falta de democracia, teria talvez de agir sempre mal).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s