Vinagrete 19.03.25 – PPE à deriva

O partido húngaro Fidesz está a deixar o PPE num embaraço de que não sabe sair. O partido é claramente anti-europeu, e não cabe numa organização europeia e democrática, do Centro-Direita, como o PPE. Ou, pelo menos, numa UE como a defendida por Mário Soares, Sá Carneiro e Freitas do Amaral.

Reunião do PPE, com líder do Fidesz a falar, Público

A suspensão decidida é tão anedótica, que foi bem aceite pelo próprio Fidesz, chegando oseu líder a insinuar ter sido ele e propô-la. Mas se é um partido que contraria todos os valores europeus não devia ser pura e simplesmente expulso? Pelo menos de forma a não deixar os seus dirigentes satisfeitos?

Uns comentadores dizem que é tudo para não deixar mal alguém que andou a apoiar antes o Fidesz, como o alemão presidente do PPE, e agora caididato à CE. Desculpa esfarrapadíssima.

E agora o que dirão o PSD e o CDS ao PS por causa de alguns partidos da IS também pouco dados aos valores europeus? Note-se que eu não quero defender estes últimos, e penso que a IS deve agir contra eles depressa. Mas isso não invalida a desilusão do PPE com o Fidesz e os velhos bons motivos do Dr. Soares para querer Portugal na UE: Mas que UE? Será que vai ser mais dura com a Inglaterra do que com a Hungria?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s