Efemérides de 20 de Junho (2022)

1782 O Congresso dos Estados Unidos adotou há 240 anos, poucos depois da independência (1776), o Grande Selo para autenticar determinados documentos emitidos pelo governo

1789 Foi criada há 233 anos, pouco antes da Revolução Francesa, a aula de Anatomia no Hospital de Chaves, peninsularmente reconhecida como excelente.

1963 Foi estabelecido há 59 anos o acordo para o estabelecimento da primeira “linha vermelha” (directa e encarnada), entre Washington e Moscovo, logo a seguir à crise de Cuba, pelos líderes dos EUA e da URSS, respectivamente John F. Kennedy (1917-63, Presidente entre 1961-63, até ao seu assassinato) e Nikita Khrushchov (1894-1971, em funções entre 1953-64).

1967 O pugilista norte-americano Cassius Clay (1942-2016), que adoptaria o nome de Muhammad Ali, um dos maiores campeões do boxe internacional, foi  condenado pelo tribunal de Houston há 55 anos, por recusar a mobilização para a Guerra do Vietname.

1974 Uma Assembleia Magna de estudantes da Associação Académica de Coimbra decidiu há 48 anos a extinção da secção de futebol, numa altura em que a equipa estava numa digressão em Espanha, por funcionar à revelia dos princípios amadores das restantes.

1983 Tomou posse há 39 anos o primeiro reitor eleito da Universidade de Lisboa, o professor de medicina Toscano Rico (1935).

1984 A Polícia do Exército prendeu há 38 anos o tenente-coronel Otelo Saraiva de Carvalho, estratega militar do 25 de Abril, no âmbito da investigação sobre as atividades das FP-25, em que se comprometera.

2000 instituído pela ONU o Dia Mundial dos Refugiados, com celebrações anuais.

2003 Realizou-se apenas há 19 anos a primeira ligação ferroviária entre Lisboa e o Algarve, sem transbordo no Barreiro, fruto da linha férrea na Ponte Sobre o Tejo.

2011 Primeiro dia de trabalhos da XII legislatura na Assembleia da República com a tomada de posse dos novos deputados e eleição do presidente da Assembleia da República., e o chumbo de Fernando Nobre para a sua presidência e vezes seguidas.

2021 A China anunciou há 1 ano que já administrara 1 bilião de doses da vacina para o COVID-19.

Publicidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s